A casta Rabigato e seu potencial enológico no Douro

[atualizado-em format='M d, Y']Atualizado em [/atualizado-em]

Uma casta promissora nas regiões vitivinícolas de Portugal

A casta Rabigato é considerada muito promissora nas regiões vitivinícolas de Portugal. A variedade apresenta características que a tornam única. Sua elevada acidez é uma delas, e faz com que seja muito utilizada em Blends. Nesse caso com o objetivo de buscar o equilíbrio da acidez do vinho.

Casta Rabigato


Origem da casta Rabigato

O Rabigato é uma casta autóctone do Douro, ou seja, é nativa da região. Seu nome é uma contração de um de seus sinônimos, Rabo de Gato, fazendo referência a seus longos cachos.

Mas muita atenção, o Rabigato do Douro não deve ser confundida com a casta Rabo de Ovelha, muito cultivada no Alentejo. São castas diferentes e facilmente distinguidas.


Panorâma

Apesar de ser cultivada em várias regiões, e autorizada em muitas denominações de origem portuguesas, a casta Rabigato adquire especial destaque nas DOP Douro, Porto e Trás-os-Montes cobrindo cerca de 2.200 hectares, sendo que a sua presença mais marcante, atualmente, é em Trás-os-Montes.


Perfil Sensorial dos vinhos produzidos com a casta Rabigado

Com grande valor do ponto de vista enológico, os vinhos apresentam geralmente uma cor de tonalidade cítrica aberta. Com aromas de intensidade mediana, que vão de cítricos e minerais, por vezes remetendo a aromas adocicados, lembrando flor de laranjeira. Podendo apresentar notas mais vegetais de acordo com o estado de maturação da uva no momento da colheita.

De elevada acidez, geralmente possuem elevada capacidade de envelhecimento. Conservando a complexidade aromática durante dois ou três anos, o que muito os caracteriza.

Apesar de pouco comercializada como monocasta, as potencialidades da Rabigato ao nível de composição fenólica, atividades antioxidante e antimicrobiana, é extremamente promissora para vir a ser produzida como tal.


Seleção de 3 vinhos do Douro com a casta Rabigato

E caso ainda não tenhas provado um vinho monocasta Rabigato, fizemos uma selecção muito bacana. São 3 vinhos do Douro, entretanto, cada um deles possuem características distintas. Tanto por seu processo de vinificação, quanto pela tipicidade referente a sub-região de origem. São eles:

E então, já escolheu o vinho que vais beber? E como falamos em tipicidade, aproveita para acessar nosso artigo (meio podcast) sobre Vinhos Unoaked! Tenho certeza que vais gostar.

Fonte: Dissertação de Mestrado “Estudo de perfil fenólico e volátil, atividade antioxidante e análise sensorial de vinhos monocasta Rabigato”. Autor: José Diogo Gomes de Carvalho.

 

José Diogo Gomes de Carvalho

José Diogo Gomes de Carvalho

Colaborador
Enólogo, Mestre em Engenharia Agronómica,
Licenciado em Enologia.

Veja também