Dia Internacional do Vinho do Porto – 27 de Janeiro

[atualizado-em format='M d, Y']Atualizado em [/atualizado-em]
Cave de Vinho do Porto / Dia Internacional do Vinho do Porto
Foto: arquivo pessoal / Cave de Vinho do Porto / Dia Internacional do Vinho do Porto

O Vinho do Porto recebe duas celebrações por ano?

Sim, é isso mesmo, o Dia Internacional do Vinho do Porto se comemora duas vezes por ano, dia 27 de janeiro e dia 10 de setembro. E pra não te deixar confuso, eu vou explicar melhor isso.

Parceria portuguesa com os Estados Unidos da América

A comemoração do dia 27 de janeiro surgiu em 2012, criada pela Wine Origins Alliance, juntamente com o IVDP (Instituto dos Vinhos do Douro e do Porto, I.P).

A Wine Origins é uma associação americana que reúne diversas organizações reguladoras de regiões vitivinícolas, e tem como objetivo eliminar as barreiras comerciais ao vinho, incluindo a falta de proteção para nomes de regiões em todo o mundo.

Atualmente, além do IVDP, a associação conta com mais 30 organizações em 11 países, englobando a América do Norte, Europa, África, Ásia e Austrália.


Em Portugal

No entanto, oficialmente aqui em Portugal, a data é comemorada no dia 10 de setembro. Aí você me pergunta: E por qual motivo Eduardo? Essa é fácil de responder…

Porque em 10 de setembro de 1756, o senhor Marquês de Pombal, por meio de um decreto lei, criou a região demarcada e regulamentada mais antiga do mundo, o Douro Vinhateiro.

E desde 2014, ou seja, 258 anos após, foi instituído a data de celebração oficial pelo IVDP. Mas essa história sobre os motivos que levaram o Marquês de Pombal demarcar e regulamentar a região do Douro fica para um próximo artigo. Eu prometo!

Agora, independente da data, o que vale mesmo é que ambas as ações ajudam a promover e valorizar o vinho do Porto. Um vinho com tradição secular, único no mundo, com diversas categorias, ou seja, com certeza você vai se apaixonar por uma delas, ou por todas, assim como eu!


Estilos e categorias do Vinho do Porto

Ah Eduardo, eu acho meio confuso essa classificação dos estilos e categorias do vinho do Porto.

Sem problemas, vou explicar de uma forma simplificada para o artigo não ficar muito grande. E novamente prometo escrever detalhadamente sobre cada uma delas.

Primeiramente vamos começar com a classificação dos estilos: Porto Ruby, Porto Tawny, Porto Branco e Porto Rosé. Até aqui tudo ok? Agora vamos ligar os estilos com suas categorias especiais.

 

Vinho do Porto Ruby

Dentro do estilo Vinho do Porto Ruby, iniciamos com o próprio Ruby, que podemos chamar de “Standard”. Em seguida, temos as categorias especiais: Ruby Reverva, Late Bottled Vintage (LBV), Crusted, Vintage e o Single Quinta Vintage.


Vinho do Porto Tawny

Para os Tawnys, também começamos pela versão do Porto Tawny “Standard”, e suas categorias especiais: Tawny Reserva, Tawny 10, 20, 30 e 40 anos, Colheita, e o novos Tawny 50 anos e Very Very Old Tawny – para vinhos com mais de 80 anos.


Vinho do Porto Branco

Nos Portos Brancos, igualmente aos anteriores, temos o “Standard”, e nas categorias especiais: Reserva Branco, Branco com indicação de idade, 10, 20, 30, 40 e 50 anos. Está última também foi aprovada pelo IVDP recentemente.

Então é isso, agora você já pode comemorar o Dia Internacional do Vinho do Porto seja no dia 27 de janeiro ou 10 de setembro. E porque não todos os dias? Afinal, com toda essa quantidade de estilos e categorias, vinho não há de faltar!

Ainda mais com essa lista de 3 Vinhos do Porto Vintage que não estão entre os “Blockbusters”, mas são divinos.

vinho-do-porto-vintage-2017-quinta-de-sao-jose

vinho-do-porto-vintage-2017-talentus-searadordens

vinho-do-porto-vintage-2019-quinta-do-cume

Ah… Já ia me esquecendo, aproveita o momento com a sua taça de Vinho do Porto e conheça Os 5 Miradouros mais visitados no Douro.

Eduardo Amorim

Eduardo Amorim

Fundador
Enólogo com Mestrado e Licenciatura em Enologia e Viticultura,
Sommelier ABS-SP/ASI, Formador CCP, Wine Educator.

Veja também