Combina com Quê? Pedaços Moscatel do Douro

[atualizado-em format='M d, Y']Atualizado em [/atualizado-em]

Pedaços Moscatel - Combina com Quê?

A nossa batalha está acirrada! 

Essa aqui também nos deixa com muita dúvida além de muita água na boca. O vinho da vez é o Pedaços Moscatel do Douro, produzido na cidade de Alijó, situada na sub-região Cima Corgo.

Logo nota-se que é um vinho complexo, com notas cítricas e florais (flor de laranjeira), de especiarias (curry/caril), mel e frutos secos (nozes e amêndoas). O equilíbrio entre a acidez, o nível de dulçor e as demais notas aromáticas o torna delicado e elegante.

Verdade seja dita, nem todo Moscatel do Douro possui esse perfil, que, cá entre nós, eu adoro!
 

A título de curiosidade

De acordo com a legislação, sua produção deve conter, no mínimo, 85% da casta Moscatel Galego, teor alcoólico de 16,5% v/v e estagiar 18 meses em recipientes de madeira.
 
Neste momento você me pergunta: e quem não é muito fã de vinho doce? Eu respondo: talvez ainda não tenha experimentado uma harmonização que realmente tenha agradado o seu paladar. O ponto chave é sempre ir provando sem medo de ser feliz porque você pode se surpreender!

 

Posso começar com as sugestões? 

Os babetes (babadores) já estão no pescoço?
A 1ª sugestão é o Pastel de Santa Clara e que claramente, como todos os outros portugueses, é um doce delicioso. Seu recheio é de amêndoas, açúcar e gema de ovo (nada enjoativo), envolto por uma massa folhada super crocante que casa em perfeita harmonia com o vinho. Aqui a harmonização é por similaridade.


A 2ª é o queijo brie ao forno com mel e frutos secos.
Acompanhado com torradinha (do tipo canapé), temos a  harmonização por contraste.

Gostou das sugestões? Você pode adquirir o seu vinho direto com o produtor: Pedaços Douro

Aproveita e veja também nossa dica de harmonização com Vinho Rosé!
Roberta Ortolan

Roberta Ortolan

Co-fundadora
Mestre e Doutoranda em Ciências da Cultura,
graduada em Artes, Sommelière ABS-SP/ASI.

Veja também